quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Feliz Ano NovE

Acabadinho de chegar da primeira madrugada de 2009 não podia de deixar de criar um post a desejar um Feliz Ano “Nove” para todos os que por aqui passam.
Se há dias que eu odeio são o Natal e o meu Aniversário mas com a passagem de ano é diferente, tem outra magia, uma beleza intrínseca que mexe de certa forma comigo. Acredito que passar o ano é mudar um ciclo, é ter a oportunidade de começar qualquer coisa de novo, ter a oportunidade de esquecer amarguras do passado, de encerrar realidades que ficaram por resolver e de desejar ser melhor.
Teoricamente a passagem de ano não é nada mais nada menos que algo estabelecido pelo calendário para celebrar a rotação completa do nosso planeta pelo sol, mas na prática é uma capacidade de podermos colocar um ponto final numa etapa e, psicologicamente, entrarmos num novo período de crença em nós, nos outros e no global. Desta forma a entrada num novo ano faz com que as pessoas ganhem forças para enfrentar as adversidades e as glórias da vida de cabeça erguida e com um sorriso crédulo e cheio de positividade. É altura também de estudar as prioridades e agarrar novas oportunidades, porque como diriam os velhos sábios “ Quem espera sempre alcança” apesar de no meu caso ter sido algo parecido com “Quem espera, desespera.”.
Eu, como é tradição, lá comi as 12 passas a seguir à meia-noite para pedir os desejos de fim de ano e acredito que alguns deles vão ser ponderados pelo senhor que recebe os desejos de ano novo e se não for possível realiza-los todos pelo menos que faça com que o meu Sporting seja campeão… se não for pedir muito que ganhe a Champions também.

Vamos lá ao caminho porque este é o primeiro dia do resto das nossas vidas.



Desculpem se algo não faz sentido mas o grau de alcoolemia não permite mais.

1 comentário:

Mafalda disse...

Já li o texto da casa. Mais uma das tuas metaforas... E realmente está muito bonito e sentido. Parabéns!